20 anos de profissão do nosso fundador, Ademir Rocha. Confira a entrevista feita para comemorar esta data.

Tempo de leitura: 9 minutos

Hoje é um dia atípico por aqui. Não diferente dos demais, pois aos sábados nossa casa está sempre cheia de pessoas cuidando do seu visual e tornando possível executarmos com excelência a nossa missão.

Exatamente no dia 27 de julho de 1999, há 20 anos, florescia um profissional que faria a diferença na vida de muitas pessoas, clientes e colegas de profissão. Luis Ademir Rocha, começara a mergulhar no mundo das barbearias, e dos cuidados masculinos, quando falamos de cabelo e barba.

Não poderíamos deixar esta data passar em branco, ao comemorar os 20 anos de profissão do nosso fundador, em um ano tão abençoado por Deus, onde pudemos inaugurar nossa segunda unidade, gerando oportunidades de trabalho e aumentando o nosso alcance de atuação na cidade, levando estilo e bom gosto aos nossos clientes.

Por isso, como parte do nosso trabalho aqui no Marketing com a missão de promover o trabalho dessa equipe, organizamos algumas perguntas “ao chefe”, para conhecermos um pouco mais destes 20 anos de história, marcados com muito trabalho, disciplina e perseverança, sem os quais não teria sido possível alcançar o sucesso de hoje.

Continue a leitura deste post e confira a entrevista com Ademir Rocha, fundador da Ademir Rocha Barbearia. Vamos lá?

Marketing: Como foi a escolha da sua profissão? Por que escolheu ser barbeiro? Como aprendeu?

Ademir Rocha: Aos meus exatos 13 anos, logo quando a gente começa a fomentar ideias do que vamos fazer da vida, ou “o que vamos ser quando crescer”, vi no meu irmão mais velho, a minha inspiração. Admirava a sua profissão e comecei a observar e a aprender cada detalhe. No início não foi fácil, a técnica exigiu muita habilidade, mas minha vontade de aprender era muito maior. Foi quando então comecei a cortar o cabelo dos meus irmãos e primos, vizinhos e amigos. Assim, pelos próximos 3 anos, dediquei o meu tempo aprendendo e aperfeiçoando técnicas, pois eu havia, de fato, decidido que o que eu queria ser era barbeiro.

Marketing: Onde foi seu primeiro emprego?

Ademir Rocha: Após 3 anos, quando completei os meus 16 anos de idade, finalmente recebi um SIM da vida, e pude começar as minhas atividades na Barbearia do Benício, grande Barbeiro que também pôde me ensinar grandes truques e técnicas da profissão. Aproveito o momento para deixar o meu agradecimento e o meu orgulho de ter sido parte de sua equipe. Assim, então, aos 16 anos, no dia 27 de julho de 1999, começava então, oficialmente, a minha jornada profissional.

Marketing: Você gosta de ser barbeiro? Por que? 

Ademir Rocha: Se eu gosto? Eu amo infinitamente. E o motivo é bem simples: nesta profissão, conhecemos muitas pessoas e lidamos com a sua autoestima. Costumo dizer, com muito orgulho, que os meus clientes se tornaram meus amigos, e isso é muito mais que gratificante. Todos os dias passamos por uma surpresa na barbearia. Todos os dias sentam pessoas diferentes nas nossas cadeiras. Pessoas que confiam no nosso trabalho e que, com certeza, agregam em nossa vida, com assuntos agradáveis naqueles momentos onde executamos nosso trabalho.

Marketing: Desde quando você começou a trabalhar, a profissão do barbeiro sofreu muita mudança. Novos equipamentos, tecnologia, estilos, etc. Como você vê este crescimento e a evolução das tecnologias para ajudar com o seu trabalho?

Ademir Rocha: De fato, nesses meus 20 anos de carreira, muita coisa mudou. E digo: mudou para muito melhor. Embora essas mudanças tenham ocorrido aos meus 16 anos de profissão, ou seja, há apenas 4 anos, vieram em tempo. Hoje temos apoio da tecnologia, da indústria química e de talentos do mundo todo que nos ensinam todos os dias novos estilos e o principal: nos dá a liberdade de experimentar estilos em cada pessoa, acompanhando a sua personalidade e realizando o serviço para deixar o visual realmente “no talento”, como costumamos dizer no nosso metiê.

Marketing: Qual a principal diferença que você percebe na sua profissão, desde quando você começou, até chegar nos dias atuais, que é empresário da maior barbearia de Lavras?

Ademir Rocha: Ótima pergunta! Por muito tempo os homens carregaram com si certo tabu em serem vaidosos e investir em cuidados com o seu visual. Não havia espaço claramente definidos para esse fim. Com o decorrer dos anos, felizmente esta realidade mudou. A principal diferença, então, desde que comecei a trabalhar neste ramo, é a forma com que os meus clientes vêem nosso trabalho e a importância dele para suas vidas. Sou muito grato a este momento, pois fez crescer não somente o mercado, mas me fez crescer e evoluir como profissional.

Marketing: Nos últimos anos, houve um boom de crescimento e no surgimento de novas barbearias com foco em um espaço exclusivamente masculino, não só em Lavras, mas em todo o Brasil. Como você vê esse boom e esse desenvolvimento de novos barbeiros e novas barbearias?

Ademir Rocha: Posso dizer com tranquilidade e com um sorriso no rosto que foi a melhor coisa que pôde ter acontecido nos últimos anos para nós, barbeiros. Isso gerou mais oportunidades de trabalho para muitas pessoas, para muitos empreendedores, e isso foi maravilhoso. Aqueceu o mercado e criou-se então o tão esperado espaço masculino no campo da beleza e dos cuidados com o visual. Essa tradição, de ter um espaço 100% masculino para atender a essas demandas dos homens, veio de outros países, onde os homens já tinham seus espaços para se manter alinhados, tanto no cabelo quanto na barba. Com a chegada desse hábito no Brasil, modificou para melhor o nosso nicho de mercado. Hoje nossos clientes são exigentes e sabem da importância de manter a aparência alinhada. Agradecemos por isso.

Marketing: Desde quando você se tornou empresário, muitos barbeiros aprenderam com você e passaram pela sua barbearia. Como você vê este fato, sendo responsável por criar novos profissionais e poder repassar os seus conhecimentos?

Ademir Rocha: Eu costumo dizer que conhecimento precisa ser repassado. Penso nos professores que tivemos. Imagina se eles tivessem resistência em repassar o que sabiam para nós, crianças? Como seria nossa vida sem conhecimento? Eu particularmente não guardo conhecimento. O mercado tem espaço para todos e eu fico, inclusive, muito emocionado quando vejo barbeiros se tornando empreendedores, e que tenham partido da nossa barbearia. Fico feliz por isso. Muito feliz.

Marketing: Sabemos que vida de barbeiro é muito agitada. Muito trabalho, muitos clientes e quase não sobra tempo para outras coisas. Qual o papel da família nesta carreira? 

Ademir Rocha: Fico até emocionado ao falar disso. Sem o apoio de minha família, nada seria de mim. Primeiro, lá atrás, quando meus primos, irmãos e amigos confiou no “garoto de 13 anos”, aprendiz, para cortar seus cabelos e fazer suas barbas. Isso me deu muito gás e se tornou a razão pela qual eu levantava todos os dias. Mais tarde, quando comecei a namorar minha querida Lidiane, que hoje, felizmente é a minha esposa, isso não mudou. Sempre tive um apoio incondicional de sua parte, me ajudando e entendendo as muitas ausências por decorrência do trabalho. Então, digo que o papel da minha família, como um todo, foi crucial. Sem este apoio, talvez, não teria evoluído como eu considero que evoluí.

Marketing: Recentemente você inaugurou a segunda unidade da sua Barbearia. O que isto significa para você?

Ademir Rocha: Primeiro, quando olho para trás e vejo a minha empresa, Ademir Rocha Barbearia, sou envolto a uma gratidão sem tamanho. Mas, sou a prova viva de que foi um caminho muito difícil. Sim, difícil, mas gratificante. Sou orgulhoso e grato por tudo que me aconteceu, por todas as pessoas pelas quais eu pude trabalhar e conviver. Acima de tudo, a Deus, que me manteve de pé e firme no meu propósito. Atribuo tudo a apenas duas palavrinhas: DEDICAÇÃO E DISCIPLINA.

Marketing: O que você tem, então, a comemorar nestes 20 anos de profissão?

Ademir Rocha: Primeiro, comemoro estar aqui, hoje com um filho de quase 3 anos, que nasceu no auge do nosso trabalho, reforçou o meu motivo para continuar e sempre evoluir. Depois, ao boom das barbearias, que já falei antes, trazendo muitas boas mudanças para nossa profissão. Aliás, esse boom foi tão importante que eu pude construir um legado aqui na empresa, conseguindo trazer, como verdadeiros parceiros e amigos, os diversos e excelentes profissionais, que fazem da competência e da excelência seus maiores valores, mantendo o nível do nosso trabalho para levar o melhor atendimento aos nossos clientes, do jeito que eles merecem. Então, muito obrigado a todos os profissionais que estão comigo hoje, mas também aqueles que já passaram por aqui e seguiram suas vidas rumo a novas oportunidades e idealizações. Comemoro isso também, porque se estar conosco lhes abriu os horizontes, isso já é algo gratificante. Obrigado, amigos!

Marketing: A vida não pára nunca, não é mesmo? Quais são os seus planos daqui pra frente?

Ademir Rocha: Hahaha. Pergunta difícil. Meus planos não são ambiciosos, mas quero continuar. Aproveitar todas as oportunidades, promover também novas oportunidades e nunca, mas nunca mesmo, deixar de aprender e trazer as melhores técnicas e soluções visuais para os nossos clientes. Estamos de mãos dadas com o futuro, e ele promete.

Marketing: Deixe um recado aos novos profissionais da área que estão iniciando suas carreiras.

Ademir Rocha: Que bom que eu tenho este espaço para deixar com que vou dizer ecoe para todos os interessados na profissão. Olhem bem: como tudo na vida, nada, mas nada mesmo é fácil. Você precisará comer muita poeira de estrada, enfrentar muitos obstáculos e aprender todos os dias. Mas isso é infinitamente bom. Nos torna homens de bem. Nos torna cada vez mais capazes de continuar e de alcançar os nossos sonhos. Então, do fundo deste coração aqui, meus caros, façam da disciplina a sua maior aliada, pois somente ela poderá lhe preparar e fabricar forçar diariamente para avançar cada passo. É isso. Sejam bem-vindos ao mercado de barbearias, ou melhor, ao mercado dos cuidados com o visual masculino. Tamo junto sempre! Forte abraço. Ademir Rocha.

Comentários