Calvície Masculina: o que é, quais são as causas e como tratar

Tempo de leitura: 5 minutos

Pode ter certeza, ficar careca é uma preocupação que a grande maioria dos homens tem, mas não há como fugir da calvície masculina. Mas há como retardá-la. Confira no post de hoje.

Imagem ilustrativa – Foto: Shutterstock

A preocupação é um fato. Quando surgem as entradinhas na testa ou o cabelo começa a ralear no alto da cabeça já chegam as neuras.

Será que vou ficar muito feio? O formato da minha cabeça é estranho e vai ser difícil andar por aí sem usar um boné ou um chapéu. E a oleosidade? minha careca vai refletir o sol e parecer um espelho?

Certamente se você se encaixa neste padrão, faz parte da média de 42 milhões de brasileiros que sofrem com a calvície masculina. Estes dados foram divulgados pela SBC, Sociedade Brasileira do Cabelo, no segundo semestre do ano passado.

A verdade, meu caro, é que não adianta fugir. Se sua genética lhe marcou para ser careca, vá se acostumando. Existem algumas coisas que precisamos assumir, como por exemplo, os cabelos brancos e o grisalho que começam a surgir. 

Assim, pense pelo lado bom: você prefere uma cabeça branquinha e ter que pintar o cabelo para esconder os fios brancos ou uma careca lisinha? 🙂

Brincadeiras à parte, vamos ao que interessa. 

Fique com a gente até o final do texto e confira as informações mais importantes que você precisa saber sobre a calvície masculina. Bora lá?

O que é a calvície masculina?

Basicamente, como já é conhecimento de todos, a Calvície nada mais é do que uma gradual e progressiva perda dos cabelos, geralmente por fatores hereditários.

O tipo mais comum de calvície masculina é a alopecia androgenética (AAG) e costuma ocorrer, segundo pesquisas, em aproximadamente 50% dos homens.

Atenção: A calvície não acomete somente aos homens, tendo casos também em mulheres. No entanto, no post de hoje, vamos ater às informações relativas ao acometimento entre a rapaziada. ok?

O que causa a calvície masculina?

A calvície masculina pode ser causada por uma alteração genética herdada de uma substância de ocorrência natural chamada DHT

Estudos já realizados de fios de cabelos de couros cabeludos calvos e não-calvos mostraram que, com a calvície masculina, os níveis desta [DHT] e outras substâncias são altos, causando então a calvície.

A idade em que a calvície inicia e a velocidade do processo é definida pela quantidade de genes herdados dos familiares do lado paterno, materno ou ambos. 

Geralmente começa com o afinamento, encurtamento, rarefação e despigmentação gradativa dos cabelos da região afetada, aumentando com o tempo e evoluindo para a atrofia e morte dos folículos capilares, mas preservando sempre as áreas laterais e posteriores [nuca, por exemplo], já que, segundo a ciência, são imunes à ação do DHT, como citamos.

Calvície Masculina tem cura?

A temida resposta é real. Não. Calvície não tem cura

Mas, de acordo com informações de especialistas da Sociedade Brasileira do Cabelo (SBC), embora a calvície não tenha cura, tem controle.

Inclusive, pessoas que tem muitos carecas na família, ou seja, que tem a chance de herdar esses genes danadinhos, já podem procurar um dermatologista para que ele possa diagnosticar e prescrever medicamentos para atrasar a chegada da temida calvície masculina.

Pesquisas já afirmaram afirmam que, quando usado no início do processo da calvície, tais medicamentos têm o poder de retardar [a calvície], fazendo com que ela se instale muito tempo depois, deixando você aproveitar um pouco mais a vida com cabelo! 😀

Outra solução para quem sofre de calvície masculina seria o implante capilar, que funciona da mesma maneira que o implante de barba, cirurgia que consiste em retirar fios de cabelos de uma área doadora do próprio paciente e implantá-los na área calva. O problema é que, em geral os valores são muito altos e por este motivo o acesso a este tipo de procedimento cirúrgico é limitado.

É hora de assumir sua careca, meu amigo

Imagem ilustrativa

Que mal há nisso? Se você é fã do cinema, certamente já ouviu falar em algum ou todos destes nomes: Vin Diesel, Stanley Tucci, Bruce Willis, Woody Harrelson, além de centenas de outros atores, cantores, políticos que estão por aí felizes da vida com suas carecas.

Por que você não ficaria feliz com a sua? Hoje o que mais importa é se estamos bem, com saúde para aproveitar as coisas boas da vida. 

Por outro lado, dá pra você achar o seu ponto charmoso em ser um careca, que pode ser uma ótima combinação com barba, por exemplo, ou até mesmo alguns estilos de roupas que valorizem a sua careca.

Concluindo…

Ser careca não é o fim do mundo. É mais um ponto [como muitos outros da vida] que nós precisamos simplesmente aceitar. 

Trouxemos neste post, com base em pesquisas, o conceito da calvície, mas focamos o texto na masculina, embora seja importante ressaltar que ela também pode afetar as mulheres, em menor número. Mas isso é assunto para outro post.

Falamos também da importante informação de que o tratamento precoce da calvície em pessoas potencialmente sujeitas a ela, através do uso de alguns medicamentos, pode retardar o seu processo [calvície] e você pode ganhar mais alguns anos para não ter que lidar com a careca.

Lembrando que todos os nossos posts tem cunho educativo e informativo, com pesquisas em bases confiáveis e não substituem qualquer informação médica ou técnica de um profissional da área.

Que tal nos ajudar a produzir os melhores conteúdos para você? clique aqui e preencha uma breve pesquisa e dê a sua contribuição.

Gostou deste artigo? compartilhe, comente. Participe com a gente!

Um forte abraço e até o próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *